A arte, como forma de expressão humana, por muitas vezes, expressa o cotidiano ou experiências de vida do artista, lugares por onde andou. Entretanto, a vida – como uma caixinha de surpresas que só ela sabe ser – por vezes faz o exato caminho oposto, imitando a arte.

 

As imagens a seguir nada mais são que cenas do cotidiano, que passariam desapercebidas, ou de determinados acontecimentos que, pela disposição dos elementos ou pela iluminação específica do momento, acabaram ficando muito parecidas com pinturas da renascença – algumas engraçadas, outras dramáticas e outras apenas belas. Confira:

 

 

Fonte: Tudo Interessante


Obs: As informações acima são de total responsabilidade da Fonte declarada. Não foram produzidas pelo Instituto Pinheiro, e estão publicadas apenas para o conhecimento do público. Não nos responsabilizamos pelo mau uso das informações aqui contidas.