Dificilmente na vida alguém conhece uma pessoa que seja mais carinhosa ou preocupada do que os próprios pais. Por conta do acompanhamento desde o início da vida, passando por todos problemas e conquistas ao longo dela, eles nos vêem de uma forma peculiar e singular.

 

 

Ainda assim, ao longo da vida nem sempre vemos da mesma forma o amor, carinho e até mesmo repressão que recebemos deles durante os mais diversos momentos. Enquanto vamos passando por diferentes fases, a nossa percepção é alterada com base no que vivemos e aprendemos com eles e com os outros.

 

 

Por causa desses altos e baixos, a visão do sentimento dos pais pode ser percebida de diferentes formas, que é o que tentaremos mostrar por meio de algumas fotografias de diferentes épocas, para provocar essa reflexão.

 

 

 

Recém nascido

 9imagensquevaotemostrarcomoenxergamosnossospaisconformeosanospassamA

Enquanto recém nascido, nós não temos percepções claras de sentimentos ou ações das pessoas ao nosso redor. Ainda assim, já somo capazes de reconhecer certas coisas, como o conforto do carinho dos pais.

 

 

 

De 1 a 3 anos

9imagensquevaotemostrarcomoenxergamosnossospaisconformeosanospassamB

 

Com um pouco mais de idade, mas ainda pouca percepção do mundo, os pais são vistos como responsáveis pela salvação em momentos difíceis – como fome, sono ou incômodos por doenças – ou objetos de diversão. São eles que vão correr depois que você começar a chorar tentando se expressar ou vão estar ali para você brincar enquanto descobre o mundo.

 

 

De 3 a 6 anos

9imagensquevaotemostrarcomoenxergamosnossospaisconformeosanospassamC

Começando a formar a percepção de várias pessoas e sensações na vida, as crianças nessa fase percebem os pais de diferentes formas. Começam a saber o que podem fazer na frente de um ou de outro, buscando conforto de um dos lados na hora de tentar fazer alguma malcriação. Começam a sentir um pouco mais de liberdade, o que também gera as primeiras broncas.

 

 

 

De 7 a 12 anos

9imagensquevaotemostrarcomoenxergamosnossospaisconformeosanospassamD

As responsabilidades começam a aparecer cada vez mais na vida e parte delas vem das ordens dos pais. Nesses momentos você pode começar a ficar irritado com várias situações, como castigos, falta de certos presentes, piadas sem graça dos pais ou falta de liberdade para brincar quando quiser.

 

 

 

De 13 a 17 anos

9imagensquevaotemostrarcomoenxergamosnossospaisconformeosanospassamE

A adolescência certamente é a fase em que o comportamento de todo mundo fica mais complicado de se lidar. Ao entrar em contato com novas descobertas e com novos hormônios, novas experiências começam a surgir, quase sempre entrando em conflito com o mundo que os pais conhecem. Nessa fase é normal pensar que os pais não entendem nada e a visão de mundo deles está completamente problemática, enquanto você tem a solução para tudo.

 

 

 

De 18 a 22 anos

9imagensquevaotemostrarcomoenxergamosnossospaisconformeosanospassamF

Aqui, os primeiros passos da vida adulta começam a se formar e a relação com os pais melhora um pouco, se comparada à fase da adolescência. Por um lado, eles te vêem como uma pessoa mais adulta e responsável, capaz de tomar certas decisões, mas por outro ainda é o mesmo bebê de anos atrás. Ao mesmo tempo que você tem a cobrança de resultados no mundo da universidade e dos trabalhos, tem que se manter na linha como o jovem que vive sobre as asas da família.

 

 

 

De 22 a 30 anos

9imagensquevaotemostrarcomoenxergamosnossospaisconformeosanospassamG

Quando mais maduro você fica, mais fácil fica a relação com os pais. Por conta da independência que começa a se construir nessa fase da vida, uma nostalgia por parte da família começa a se criar. Momentos de lazer são construídos de forma mais natural entre pais e filhos e o suporte para a construção de uma nova vida é muito mais forte. Além disso, ver os filhos dando forma à própria vida traz um sentimento de saudade dos pais, que podem até ficar mais protetores ainda nessa fase.

 

 

 

De 30 a 40 anos

9imagensquevaotemostrarcomoenxergamosnossospaisconformeosanospassamH

Com a maturidade, é como se os pais de repente se tornassem grandes amigos. Eles viram uma referência ainda mais importante de conselhos e sabedorias, além de opção de lazer para os fins de semana e férias, já que agora a vida de vocês não é mais tão compartilhada. A separação e crescimento contribui para os dois lados, só fortalecendo a relação.

 

 

 

Depois dos 40

9imagensquevaotemostrarcomoenxergamosnossospaisconformeosanospassamI

 

Já num estágio avançado da vida, você já conhece o outro lado da relação de pai e filho, construindo a sua própria família. Depois de tantas experiências, você só tem gratidão e amor por tudo o que seus pais lhe fizeram ao longo da vida.

 

 

 

Fonte: Fatos Desconhecidos 

 

 


Obs: As informações acima são de total responsabilidade da Fonte declarada. Não foram produzidas pelo Instituto Pinheiro, e estão publicadas apenas para o conhecimento do público. Não nos responsabilizamos pelo mau uso das informações aqui contidas.