A arte sempre nos surpreende ao dar vida a objetos até então inanimados e transformá-los esculturas que nos contam pequenas histórias visuais.

Tobbe Malm, um ferreiro e fotógrafo sueco de estar em Oslo fez em seu trabalho Bolt Poetry ( Algo como Poesia do Parafuso ), uma seleção de minúsculas figuras humanas repletas de emoção utilizando elementos como parafusos e porcas para isso. 

 

“Os parafusos me fazem lembrar de formas humanas, e eu senti que tinha algo a dizer. Eu os aqueci, forjei, dobrei e torci. “Tobbe escreve em seu website” Eu tentei criar relações, encontros e situações e, de repente histórias surgiram sobre a tristeza, alegria, dor, calor e humor. Uma espécie de poesia foi criado, daí o título. “De alguma forma, eu não notei nem alegria nem humor.

 

Confira:

 

Ferreiro Tobbe Malm Evoca Emoção em aço, dobrando-em formas Humanos

 

Ferreiro Tobbe Malm Evoca Emoção em aço, dobrando-em formas Humanos

 

Ferreiro Tobbe Malm Evoca Emoção em aço, dobrando-em formas Humanos

 

Ferreiro Tobbe Malm Evoca Emoção em aço, dobrando-em formas Humanos

 

Ferreiro Tobbe Malm Evoca Emoção em aço, dobrando-em formas Humanos

 

Ferreiro Tobbe Malm Evoca Emoção em aço, dobrando-em formas Humanos

 

Ferreiro Tobbe Malm Evoca Emoção em aço, dobrando-em formas Humanos

 

Ferreiro Tobbe Malm Evoca Emoção em aço, dobrando-em formas Humanos

 

Ferreiro Tobbe Malm Evoca Emoção em aço, dobrando-em formas Humanos

 

 

Fonte: Marte é para os fracos


Obs: As informações acima são de total responsabilidade da Fonte declarada. Não foram produzidas pelo Instituto Pinheiro, e estão publicadas apenas para o conhecimento do público. Não nos responsabilizamos pelo mau uso das informações aqui contidas.